sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

As Sapatas

    No feriado do dia 15 de novembro um pequeno mutirão foi convocado para ajudar a fazer as "sapatas", saiu até um churras na obra, hehe, mas esse momento não foi fotografado...

    Como a parte de trás do terreno é mais baixa precisa de um bom alicerce, por isso muitas sapatas foram feitas e duas betorneiras foram sacrificadas! Sim, as crianças delicadas conseguiram quebrar a primeira betorneira e derrubar a segunda, ênfase para o Edson ( vulgo Machão) tentando levantar a máquina sozinho... Na empreitada do Fábio vieram dar uma força ( força mesmo) o Edson, seu genro o Marlon, o Padilha, o Sandro e o Zebrinha (não posso esquecer do cara que foi contratado para abrir os buracos, mas não sei o nome dele, hehe). Valeu pessoal!!!

    Muito cimento depois, conseguiram perder até uma pá que provavelmente foi sepultada em um dos buracos, hehehe!!! Agora o próximo capítulo será das vigas, precisamos contratar um pedreiro...
E lá vem o stress de novo....



   Até a próxima parte...

   Bjos!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Portão




Êhhhh! Finalmente conseguimos fechar o terreno!!!

Depois que descobrimos que as linhas de crédito da Caixa não ajudam em nada, resolvemos fazer conforme  agente podiii! Vai demorar mas uma hora vai acabar...
Por que o financiamento da Caixa é ruim?
Porque uma casa de 60m2 num terreno de 10x30 é ridículo.
Porque se vc tirar 30 mil vai pagar 70 mil, ( tudo bem que é em 10 anos, mas fala sério, neh? )
Porque as taxas embutidas desde a contratação até a conclusão do projeto são absurdas.
Porque o seu FGTS servirá apenas de "aperitivo" no final das contas.
Porque com o valor de tudo que vc precisará pagar vc pode construir 5 casas em 10 anos.
A única vantagem seria que se tudo desse certo a sua casa poderia estar pronta em 120 dias, isso claro, se a Caixa aprovar, se o engenheiro da Caixa aprovar, se não chover, se o pedreiro for trabalhar...

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

As Grades

Então, as fotos falam por si só, as grades foram feitas em casa, pelo Fábio que fez um "cross" na profissão de serralheiro... Agora é só colocar no lugar!

domingo, 29 de agosto de 2010

Não sabe que cor usar?

Algumas dicas que tirei do site das Tintas RENNER http://www.tintasrenner-deco.com.br bem interessantes para quem quer mudar a cor dos ambientes ou da decoração da casa.




Significado das Cores

A escolha das cores é fundamental para manter o equilíbrio da casa, pode influenciar beneficamente os ambientes que são utilizados. Cada cor provoca estímulos variados no nosso sistema nervoso, afetando nossas emoções e até nosso humor.


  Vermelho
É a cor do fogo, da paixão, do entusiasmo e dos impulsos.
Estimula os movimentos, ajuda a combater o estresse e a falta de energia.
Indicado em pequenas doses em tons avermelhados para salas de estar e jantar.


  Amarelo
É a cor do sol, trazendo luz para as situações difíceis, ativando o intelecto, a comunicação, a harmonia do todo. Se utiliza em áreas de acesso, salões sociais e quartos de estudo. Gera calor e por isso é recomendado para climas frios.


  Violeta
O violeta representa o mistério, expressa sensação de individualidade, personalidade, associado à intuição e à espiritualidade, influenciando emoções e humores. Não é aconselhável para o ambiente inteiro com esta cor, mas num tom mais azulado é ideal para locais de meditação.


  Laranja
É a cor da comunicação, do calor efetivo, equilíbrio, da segurança, da confiança, cor das pessoas que crêem que tudo é possível. Estimula otimismo, generosidade, entusiasmo e aumenta o apetite. Somada ao azul gera força.
Ideal para salas de estudo/reunião, local onde a família se encontra para conversar.


  Rosa
Relacionada com o coração, amor e alegria. Favorece a empatia e o companheirismo.


  Azul
Transmite seriedade e confiabilidade, fluidez, tranqüilidade.
É a cor da purificação do bem estar e raciocínio lógico, é a única que tem como grande poder de desintegrar energias negativas, favorece paciência amabilidade e serenidade. Acalma a energia dos quartos de crianças e adultos hiperativos.


  Verde
Traz paz, segurança, esperança em abundância, confiança e inteligência, é a cor do movimento e da ação. É a cor de desvendar mistérios, indicada para todos os ambientes. No banheiro é aconselhável ter toalhas ou detalhes de acabamento em verde vivo pois é ali que se purifica o corpo energizando-o.


  Branco 
Contém todas as cores, é purificador e transformador.
Representa o amor divino, estimula humildade e imaginação criativa, sensação de limpeza e claridade. Ótima para qualquer ambiente, mas e o local for totalmente branco pode se resultar em tédio.


  Preto
É a cor do poder, induz a sensação de elegância e sobriedade. Onde o que está fora não entra e o que está dentro não sai. É a "não" cor, ausência de vibração, cor das pessoas que buscam proteção ou afastamento ao seu redor. Indicada só para detalhes de acabamento ou objeto, pois pode deixar o ambiente muito escuro. 
          

GARAGEM EM CONSTRUÇÃO


Faz tempo que não posto nada por aqui então resolvi colocar essas fotos que achei numa pasta perdida...
Essa é a garagem em construção, hoje já está telhada e com piso, vou tirar fotos essa semana e montar o depois... Ainda faltam a janela e as portas, mas ainda não dá pra colocar enquanto não fecharmos a frente.
A vizinhança não ajuda ...

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Escritura

    Ontem finalmente conseguimos terminar a novela da papelada, a escritura foi feita e está no cartório para ser registrada, agora é só esperar 20 dias e acabou !!!
    Se você está pensando em comprar uma casa ou terreno, separe uma boa fatia do seu orçamento para toda burocracia, papel e imposto que é necessário. Além de claro, muita paciência, porque demora, muito....

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Tudooo Paradooo!


Terminamos a garagem e até agora não conseguimos fazer mais nada. Coisas que deixamos lá foram roubadas, o tempo não ajuda para que possamos terminar de aterrar, fazer  a rampa e a grade na frente para finalmente poder fechar o terreno. Não para de chover. Mesmo quando para não é o suficiente para terra secar. Frustrante!
Os papéis pelo menos estão encaminhados, aguardando a prefeitura avaliar para poder cobrar 3% em cima, isso mesmo, além de tudo ainda temos que pagar um imposto absurdo chamado ITBI, 3% sobre o valor avaliado do terreno.
Fazer o quê, as pessoas se matam pra tentar conseguir sua tão sonhada casa e a ajuda do governo é os impostos. As parcerias com a Caixa são ótimas pra quem vai passar a vida inteira pagando. Imagine-se daqui há 20 anos, quanta coisa pode acontecer nesse tempo, mesmo assim vc terá a parcela para pagar. Mas olha que legal, as parcelas são retroativas, vc começa pagando 500 e termina pagando 300, uhhhh!!!
Por outro lado eu prefiro passar 20 anos pagando do que 20 anos construindo! Porque vou te contar uma coisa, não há paciência que aguente, depender do tempo, da mão de obra, da entrega de material, de sobrar um dinheirinho pra fazer mais um pedaço... Eu queria poder ganhar mais para poder ajudar mais, acontece que com toda essa espera o pouco que temos comprometemos com outras coisas e  quando dá para mexer no terreno a grana tá curta, dai gera o stress, principalmente, talvez unicamente, MEU. Não sei lidar com isso, sou muito apressada, muito impaciente e acabo ficando muito chata. Mais uns 2 anos assim meu casamento acaba e dai o que era sonho vai se transformar num pesadelo!

sexta-feira, 5 de março de 2010

A História da Retroescavadeira

Terra e terra no terreno pracisávamos de alguém com uma retroescavadeira para espalhar tudo. Meu pai disse que conhecia um cara que era amigo de um cara que trabalhava com isso e era baratinho!!!
Marcaram e o Fábio foi antes para dar uma limpada no lixo que o vizinho armazenava nos fundos do nosso terreno. Eu não vi, mas a cena deve ter sido cômica: o Fábio no buracão e a retro entrando com tudo, por pouco a terra não parou em cima dele...
O "piloto" da retro, Seu Nilo ( um alemón muito doido) empurrando terra pra lá, terra pra cá deu uma ré nada sutil e derrubou o poste da luz inteiro no meio da rua! Verdade! Chamaram a AESUL para desligar os fios e ficou o poste lá em 3 pedaços. Esses 3 pedaços viraram milhões mais tarde qdo o vizinho quebrou o poste todinho pra pegar os fios de dentro para vender... Gente finíssima!!!

Quando compramos...

                                          Era uma vez a casa que tinha no terreno...

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Fotos da demolição

O Terreno

Então, a história toda começou com a compra do terreno...
Depois de procurar e procurar, finalmente conseguimos um terreno dentro das nossas humildes condições, lugarzinho bom, perto de casa e perto do centro (não que o centro seja grande coisa, hehe) e que na negociação aceitavam carro ( adeus Vectra, adeus ar condicionado, adeus 4 portas, adeus DIREÇÃO HIDRÁULICA!!!). Muito bem, chega de apegos, é tudo por um bem maior: nossa tão sonhada CASA!!!
Compramos!
No terreno tinha uma casa pequena na frente caindo aos pedaços, embaixo do assoalho moravam uns 250 cachorros e no forro umas 762 pombas, fora outros bichos e insetos obviamente nocivos à saúde. Nos fundos era mais baixo que na frente e servia de depósito de lixo do vizinho do lado ( super gente boa!!!) alguns ratos vieram por causa disso. Não posso deixar de mencionar que tbm tinha um cavalo que pastava lá de vez em quando (mas ele não entrou no negócio!). Até nós comprarmos apenas animais habitavam o terreno... Até nós comprarmos...
Alguns dias depois da compra estávamos num plantão no trabalho do meu excelentíssimo esposo e uma amiga nossa que tbm mora ali perto me deixou um depoimento no orkut : " Tem gente morando na casa do terreno que vocês compraram, vai lá ver!! " . Numa mistura de indignação com incredulidade voltei pra Sapucaia...
E não é que tinha gente morando lá mesmo!! As janelas estavam abertas com roupinhas penduradas nelas, dentro tinha uma caixa com alguns brinquedos e mais roupas, o chão apesar dos buracos bem varrido... Os cachorros e as pombas tinham sido despejados (ou serviram de almoço). Nisso vem chegando um casal com 2 crianças, muito simpáticos me explicaram que tinham perdido a casa deles ( na beira da 118) e não tinham onde morar, o marido tava desempregado, mas eles queriam me alugar a casa para ficar ali por uns tempos!
Imaginem, na hora eu pensei que era pegadinha, depois pensei que era só azar, mas por fim pensei em tudo que abrimos mão e economizamos para conseguir chegar até ali e fala sério que eu ia deixar! Expliquei gentilmente que na segunda de manhã CEDO viria uma empresa de demolição e se as coisas deles estivessem lá ainda seriam destruidas junto com a casa. Sim, eu não tenho coração!
Na segunda, a empresa de demolição (meu marido e seus colegas) foram lá e colocaram tudo abaixo, mas claro que não tinha mais ninguém lá.
Descobrimos que nosso vizinho, aquele boa gente, meio Almir, tinha dito para o casal que eles poderiam ficar ali ( foi mais ou menos assim: " podi ficar ai meus queridos, não dá nada!!!" )e depois ele alugou uma das suas 2 peças pra eles morarem por um tempo... A terceira peça da casa dele foi construída com os restos da casa do terreno...

sábado, 30 de janeiro de 2010

Primeira Tentativa

Capítulo 1- O telhado!!!

Sem conseguir durmir por causa da nossa"Obra", pensando nos problemas que já aconteceram até agora, resolvi levantar e fazer algo de útil - ou não- e criar esse blog. Aqui vou relatar todas as aventuras que é construir uma casa, desde a compra do terreno até ( se Deus quiser) a decoração.
Sim, pq na hora da decoração eu vou estar radiante e espero que ainda jovem!
Começando então a falar sobre um assunto que enlouquece acho que 99% das pessoas que estão construindo: O PEDREIRO! Eu não entendo a dificuldade que eles enfrentam em se programar, tô até pensando em dar uma agenda pro meu! Prazo: isso é uma coisa que não existe! Horário de Trabalho: geralmente das 7h30min da manhã até umas 10h ( para não atrazar o almoço) e depois da sesta das 14h à no máximo umas 17h , isso se não chover.... Pagamento: toda sexta-feira independente do serviço realizado! É muito engraçado, não, na verdade é muito triste!
Eu não entendo bulhufas (existe mesmo essa palavra?) de obra, então conto com a ajuda do meu super marido que, coitado, tem que aprender a entender na marra... Nessas apareceu o primeiro problema relativamente sério- o telhado da GARAGEM. Sim, nosso segundo passo na construção foi a garagem, o primeiro foi o muro, mas esse eu conto depois...
Pois bem, nada demais uma meia água pra frente, chegou na hora de escolher as telhas. Estávamos em dúvida entre a de barro e a de concreto, como a de barro tinha muita opção de cor fomos na de concreto, tô brincando, achamos mais bonito mesmo. Só que para que elas fiquem lindas e maravilhosas precisam de um caimento grande ( +/-1,20m) e nós fizemos só 80 cm. Atenção pequeno construtor que não entende nada de obra: leia meu blog e poupe trabalho e dinheiro!!!
O problema é que agora as tesouras já estão no lugar, concretadas inclusive. O problema de pôr telha assim é que elas vão ficar muito planas e na hora das chuvas pode ter goteira. Nos falaram isso antes (o vendedor das telhas) mas ai nós pensamos - NÃO DÁ NADA- e compramos igual. Uma ressalva que nessa hora ligamos para nosso excelentíssimo pedreiro para perguntar se aquilo procedia e - o nome dele não é Almir- ele respondeu pra meu marido: " PODE COMPRAR MEU QUERIDO!!!"
Então agora temos duas opções, deixar assim e gastar mais um barão pra colocar brasilit e guardar as telhas pra colocar na futura casa ou desmanchar as tesouras e subir a parede atrás ( isso tudo tem um nome técnico que os colegas do meu marido gentilmente me explicaram ontem, mas que eu já esqueci, então me perdoem!) . A segunda opção além de ser mais barata, vai seguir o objetivo do que nós queríamos, mas com certeza vai dar bem mais trabalho!
Ocorreu um erro neste gadget

Sociable